T-Shaped

T-Shaped: saiba o que é e qual a sua importância?

Neste artigo vamos trazer um tema que não perde sua relevância, o profissional T-Shaped. E a fim de saber mais sobre ele, te convidamos a seguir conosco. Durante toda a trajetória profissional, estamos sempre nos deparando com impasses e decisões difíceis, não é mesmo? 

Isso começa ainda quando estamos no Ensino Médio. Afinal, o que eu devo estudar?

Tentamos responder essa questão interna seguindo nossas opções, nossos gostos por certa matéria, ou então aproveitando uma tendência do mercado, seguindo carreiras mais promissoras.

Feita a escolha, é hora de outra decisão importante: traçar esse caminho de estudos. Alguns optam por cursos técnicos, outros no desenvolvimento pessoal.

Fato é que, com um ambiente cada vez mais concorrido e dinâmico como o corporativo, é fundamental ser um profissional multidisciplinar.

E é aí que entra o Profissional T-Shaped (Profissional em forma de T).

Este termo, Profissional T-Shaped, surgiu nos anos 90, com a crescente necessidade por parte das empresas em terem profissionais “polivalentes”.

O Profissional T-Shaped acaba sendo procurado pois se trata daquele que questiona, gosta de desafios e consegue ser resiliente no ambiente de trabalho.

Antes do Profissional T-Shaped

Para saber o porquê do surgimento do Profissional T-Shaped, é preciso saber como o mercado mudou nos últimos anos.

Ainda nos anos 2000, era comum ouvir falar sobre a carreira Y – aquele tipo de carreira em que o funcionário, recebendo uma chance de promoção, pode assumir o papel de gestor ou de especialista.

Com o Profissional T-Shaped, isso se torna mais raro. Agora, é preciso saber tanto de gestão como ser o especialista em alguma área.

Na área da Tecnologia, só para ilustrar, é comum vermos diversos currículos de profissionais dessa época, formados em uma área técnica específica, que começaram a se especializar em diversos segmentos.

Como por exemplo, em gestão administrativa/de projetos, certificações na área de gestão, e também em cursos de desenvolvimento pessoal focados em relacionamento.

É como se os profissionais desta época fossem obrigados a se especializar nas técnicas, linguagens e máquinas da área, antes de estudar os relacionamentos humanos.

Alguns desses profissionais tiveram que atuar mais direto com clientes externos, agregando valor como Pré-Vendas, Analista de Negócios e Executivos de Contas.

Tudo isso vai de encontro com a Era da Informação em que vivemos, onde a tecnologia é utilizada para as pessoas se comunicarem e se aproximarem.

Pelo uso constante da tecnologia para o profissional e também para o pessoal, filtrar e separar os assuntos que nos afetam a nível pessoal, educacional ou de trabalho ficou impossível.

Com a carreira não é diferente, você está sempre inserido em diversos processos, mesmo que não sejam diretamente da sua área.

Mas afinal, o que é um Profissional T-Shaped?

Agora que ficou mais claro o contexto em que surgiu o Profissional T-Shaped, também se torna mais claro o que ele é exatamente. 

O nome, uma referência ao formato do T, nesse caso, acabou sendo utilizado como a representação de alguns valores. 

Com base na grafia do T, o risco horizontal seria o conhecimento geral sobre economia, mercado, política e outras áreas, sem ser necessariamente um grande especialista em qualquer uma delas.

Já o traço vertical, que complementa a letra, representa o conhecimento mais aprofundado que o profissional tem na área da formação em que atua.

Sendo assim, é possível concluir que o Profissional T-Shaped é aquele com a habilidade de expandir conhecimentos para várias direções, pois ele sabe muito sobre áreas distintas.

Além disso, ele se torna capaz de aprofundá-los de acordo com a atividade exercida.

Portanto, o Profissional T-Shaped tem uma qualidade indispensável para os dias de hoje: ele é multidisciplinar.

O Profissional T está preparado para as mudanças globais e se adapta com facilidade às transformações. Portanto, os eixos do T precisam estar cada vez mais próximos.

Acesse e leia: Você é um Profissional I, T ou X? Descubra qual o seu perfil

Como me tornar um Profissional T-Shaped?

Sabendo o que é um Profissional T-Shaped, surge uma dúvida: como eu posso me tornar um Profissional T-Shaped?

Para isso, é necessário identificar qual das duas dimensões do T precisa da sua atenção imediata.

Geralmente, por estarmos falando de uma especialidade, é natural que as pessoas acabem dando atenção ao eixo vertical do T.

Entretanto, é preciso ter atenção! Ao se desenvolver na profissão, não se pode esquecer do que é chamado de Soft Skills, ou Habilidades Comportamentais.

Alguns exemplos dessas habilidades são:

  • Bom relacionamento interpessoal;
  • Capacidade de comunicação;
  • Capacidade de colaboração;
  • Inteligência Emocional;
  • Flexibilidade.

Desenvolver as habilidades de especialista com as comportamentais faz toda a diferença!

Leia também: Especialistas explicam o que é um profissional T-Shaped e como se tornar um

A formação de um profissional T-Shaped

Quando falamos sobre o Profissional T-Shaped, entendemos como é importante ter uma boa base de estudos.

Nesse sentido, podemos dar cinco dicas sobre como ter uma formação adequada para ter esse tipo de carreira:

1- Converse com pessoas diversas

Essa talvez seja a dica mais básica quando falamos do Profissional T-Shaped. Afinal, ele se trata de alguém que é multidisciplinar.

Por isso, é muito importante compartilhar ideias e conversar com pessoas diversas, de várias áreas. Assim, você terá um conhecimento geral muito mais amplo.

2- Foque na leitura

Ter embasamento teórico é muito importante para se desenvolver profissionalmente.

Ademais, se faz necessário que você sempre busque leituras que agreguem conhecimento, tanto gerais como específicos. Aliás, não se limite somente a leituras da área de TI, ok?

3- Faça uma pós-graduação

O setor brasileiro de TI já é um dos maiores do mundo, e cursos de pós-graduação e MBAs são essenciais para quem quer alcançar voos mais altos na carreira.

Além disso, uma pós-graduação ajuda e aprofunda o conhecimento em uma área específica, ou complementa o saber da graduação. E mais, atesta em você algo mais técnico e o eleva a um nível mais completo em habilidades. Isso, sem contar as vantagens da capacitação, bem como novos termos, conceitos etc.

 4- Procure cursos livres

Pensar na capacitação profissional sem a realização de cursos livres pode ser um erro.

Isso porque os cursos livres são formas de se atualizar, preparando você para novas funções, sem precisar ter um conhecimento prévio tão grande.

5- Escolha a área certa

De nada adianta você ter centenas de cursos feitos, se não escolher a especialização certa. 

Tenha em mente que a especialização é aquele conhecimento que as pessoas esperam que você domine, e que você seja uma referência.

Conquanto, reflita bem na hora de decidir como será a sua trajetória e caminho. Antecipar e traçar uma jornada de sucesso é algo muito bom para a sua carreira. Além disso, você fica mais bem preparado para o mercado.

💼 PMG Vagas INDICA:

Ser um Profissional T-Shaped é nunca parar de aprender

Um profissional em forma de T é aquele que nunca interrompe seus estudos e se mantém atualizado.

É preciso apostar no Lifelong Learning, ou seja, na educação continuada.

Ser um profissional T-Shaped é entender que o conhecimento está dentro e fora das instituições de ensino. 

Por isso, nunca pare de aprender!

Deixe nos comentários o que você tem feito para se tornar um Profissional T-Shaped!

E se acaso, surgiu alguma questão, coloque também o seu ponto de vista a fim de mais cultura.

Que logo após, nós, da PMG Vagas, vamos te responder o mais breve. E antes de tudo, acesse nossas vagas clicando aqui. Ate mais!

Profissão e Carreira

Um pensamento em “T-Shaped: saiba o que é e qual a sua importância?

  1. Pingback: 10 dicas de livros para seu desenvolvimento profissional -

Deixe uma resposta